Rumo a Pequim… ou não.

10 agosto, 2008

Brasil e Argentina (principalmente) estão protagonizando uma briga contra clubes europeus para a liberação de jogadores para a competição de futebol dos Jogos Olímpicos de Pequim. Dois nomes chamam a atenção pelo poder de decisão que teriam se participassem dos jogos. Robinho e Messi.

O primeiro, acima de 23 anos, mudaria o esquema de jogo do brasil se fosse convocado, recuando o que hoje tem o status de mais importante do time, Ronaldinho Gaúcho. O segundo, ainda sub-23, já é cotado para ser um dos melhores jogadores do mundo neste ano, e com certeza traria mais alegria e técnica ao meio campo argentino.

Schalke 04 e Werder Bremen acionaram o Tribunal Arbitral do Esporte por Rafinha e Diego, dois prováveis titulares da seleção de Dunga, que se apresentaram sem autorização de seus clubes. A decisão do TAS só sairá após o pronunciamento da FIFA, por meio da Comissão do Estatuto do Jogador, nesta terça, que decidirá a posição do órgão máximo com relação às convocações. A contradição da FIFA na questão da liberação dos jogadores para o torneio olímpico, dá força aos clubes nesta batalha. Pra quem não sabe, a FIFA determina que os clubes são obrigados a liberar seus jogadores somente em torneios do calendário oficial da entidade, entre os quais não constam os Jogos Olímpicos, porém através de seu presidente, anunciou que a liberação dos atletas menores de 23 anos é obrigatória. A partir de terça-feira, novos esclarecimentos virão e à medida que os jogos se aproximam, os clubes ficam mais fortes na batalha. Resta torcer pra que o futebol não fique prejudicado nessa confusão toda.

Abraços Fraternos. E quase Olímpicos.

Douglas Ponso.

Anúncios

Na marca do pênalti.

30 maio, 2008

“Na marca do pênalti” é a seção onde se encontrarão as principais notícias do futebol europeu com os comentários de Bruno Machado e Douglas Ponso.

E na pauta de hoje, comentários sobre 5 notícias. Cá estão:

Proposta de Joseph Blatter é aprovada

Particularmente, creio que esse esforço da FIFA para aprovar a lei “6+5” é totalmente válido. Fico muito feliz em ver que o futebol das categorias de base finalmente será explorado a um longo prazo, podendo  resgatar a imagem de jogadores junto à seus clubes, criando um vínculo maior de paixão pela instituição. Melhor pros torcedores que futuramente verão jogadores, que um dia foram meninos defendendo as cores de suas equipes , apesar de ,no início do sistema, corrermos o risco de ver investimentos apenas em jogadores nascidos no país de origem do clube. Mas tudo precisa se renovar, portanto, VIVA A DIVISÃO DE BASE!!

Novela Real Madrid-Cristiano Ronaldo ganha novo cap�tulo

Quando leio algo sobre especulações acerca do futuro de C. Ronaldo, fico frustrado. Me dá nos nervos ver que à beira de uma importantíssima competição entre seleções, a preparação do (muito provável e em minha opinião) melhor jogador do mundo esse ano passa despercebida por entre as cifras em milhões. Me desculpem, mas quero saber como vai jogar a seleção portuguesa, como o craque analisa seus adversários, o que passa pela cabeça dele ao ser o principal representante da equipe lusitana num grande torneio. Não quero ser obrigado a ler sobre “quanto o Real pode oferecer?”. Principalmente envolvendo a família do jogador em quase todos os capítulos dessa incessante novela. Deixem o craque jogar, pelo amor de Deus.

Ancelotti é alvo de londrinos

O mercado da bola esse ano tá quente. Não satisfeitos em movimentar quantias gordas de Euros e Dólares em jogadores, os clubes estão correndo atrás de novos técnicos. A Internazionale já demitiu Mancini e contratou Mourinho, agora é a vez do Chelsea mexer nos bancos de treinadores da Lega Calcio. Até agora somente especulações, mas o perfil de Ancelotti se encaixa bem no clube londrino que necessita de uma grande conquista no âmbito europeu. É um técnico vitorioso que gosta de um jogo de força e velocidade. Bom pros ingleses e bom pros rossoneri, que reclamavam das atitudes de Carlo nos momentos cruciais dos jogos. Mudanças de ares fazem bem e o clube italiano começa a perceber que são tão boas quanto necessárias. A não-classificação pra UCL da próxima temporada é um sinal de desgaste da equipe que mantém a mesma base desde 2001.

Mancini vai à justiça

Roberto Mancini me parece muito irritado pra quem um dia disse que “abandonaria o clube ao final da temporada.”. Ah Roberto, faça-me o favor. A diretoria não quer que você continue, você declarou não querer continuar, torcedores não querem que você continue. Pegue seu chapéu e saia daí. Deixe a Internazionale para Mourinho e siga com sua vida. As normas da associoação dos treinadores nada podem fazer por você. Sua declaração mesmo sendo meses depois foi bem clara e objetiva. Se não for demitido por ela será demitido por falta de vontade em ficar.

Recuperação rápida anima da Silva

Muito bom ler a cada dia, as notas da rápida recuperação de Eduardo da Silva. Um talento tão grande, interrompido por uma brutalidade de Martin Taylor. Esperava-se uma recuperação até dezembro, mas pela confiança do atleta, deve voltar até antes. Bom pro futebol mundial que voltará a ver o brilho desse bom jogador mais cedo nos gramados.

Assim se encerra o 1º de muitos “Na marca do pênalti” aqui no “Cal na grama”. Comentem bastante.

Abraços Fraternos

Douglas Ponso.