Welcome, Sir Scolari.

9 julho, 2008

Apresentação bem-humorada, conquistando o carinho dos torcedores, da imprensa. Carta branca para contratações, O clima é perfeito. Luiz Felipe Scolari foi apresentado como novo treinador do Chelsea ontem, em Londres. Finalmente o Brasil terá um nome de peso no comando de uma grande equipe européia. E com perspectiva de sucesso.

Felipão chega agradando.

Felipão chega agradando.

Após belas campanhas como técnico das seleções brasileira e portuguesa, conquistando o mundial de 2002 e uma vaga na final da Eurocopa 2004, Felipão tem seu trabalho reconhecido por uma das maiores ligas do mundo, chegando com respeito entre os participantes da Premier League, a primeira divisão inglesa. É um novo mundo, novos costumes, nova língua. Mas na coletiva, parecia que Felipão não se importava com nada disso. Mostrando habilidade com a língua local conquistou o coração de quem presenciou sua apresentação, mostrando que tem um grande potencial para brilhar e levar os Blues às grandes glórias.

O técnico brasileiro utilizará seu jeitão “gaúcho macho” de trabalhar e logo logo foramará uma nova “Família Scolari”.

Para os brasileiros, é o momento de torcer pro Chelsea, mesmo que escondido, num cantinho, renegando aos poucos as paixões pelo Manchester, pelo Arsenal, pelo Liverpool, e pelos outros times que engrandecem a liga inglesa. Agora o Brasil é azul na terra da rainha.

Anúncios

Na marca do pênalti.

30 maio, 2008

“Na marca do pênalti” é a seção onde se encontrarão as principais notícias do futebol europeu com os comentários de Bruno Machado e Douglas Ponso.

E na pauta de hoje, comentários sobre 5 notícias. Cá estão:

Proposta de Joseph Blatter é aprovada

Particularmente, creio que esse esforço da FIFA para aprovar a lei “6+5” é totalmente válido. Fico muito feliz em ver que o futebol das categorias de base finalmente será explorado a um longo prazo, podendo  resgatar a imagem de jogadores junto à seus clubes, criando um vínculo maior de paixão pela instituição. Melhor pros torcedores que futuramente verão jogadores, que um dia foram meninos defendendo as cores de suas equipes , apesar de ,no início do sistema, corrermos o risco de ver investimentos apenas em jogadores nascidos no país de origem do clube. Mas tudo precisa se renovar, portanto, VIVA A DIVISÃO DE BASE!!

Novela Real Madrid-Cristiano Ronaldo ganha novo cap�tulo

Quando leio algo sobre especulações acerca do futuro de C. Ronaldo, fico frustrado. Me dá nos nervos ver que à beira de uma importantíssima competição entre seleções, a preparação do (muito provável e em minha opinião) melhor jogador do mundo esse ano passa despercebida por entre as cifras em milhões. Me desculpem, mas quero saber como vai jogar a seleção portuguesa, como o craque analisa seus adversários, o que passa pela cabeça dele ao ser o principal representante da equipe lusitana num grande torneio. Não quero ser obrigado a ler sobre “quanto o Real pode oferecer?”. Principalmente envolvendo a família do jogador em quase todos os capítulos dessa incessante novela. Deixem o craque jogar, pelo amor de Deus.

Ancelotti é alvo de londrinos

O mercado da bola esse ano tá quente. Não satisfeitos em movimentar quantias gordas de Euros e Dólares em jogadores, os clubes estão correndo atrás de novos técnicos. A Internazionale já demitiu Mancini e contratou Mourinho, agora é a vez do Chelsea mexer nos bancos de treinadores da Lega Calcio. Até agora somente especulações, mas o perfil de Ancelotti se encaixa bem no clube londrino que necessita de uma grande conquista no âmbito europeu. É um técnico vitorioso que gosta de um jogo de força e velocidade. Bom pros ingleses e bom pros rossoneri, que reclamavam das atitudes de Carlo nos momentos cruciais dos jogos. Mudanças de ares fazem bem e o clube italiano começa a perceber que são tão boas quanto necessárias. A não-classificação pra UCL da próxima temporada é um sinal de desgaste da equipe que mantém a mesma base desde 2001.

Mancini vai à justiça

Roberto Mancini me parece muito irritado pra quem um dia disse que “abandonaria o clube ao final da temporada.”. Ah Roberto, faça-me o favor. A diretoria não quer que você continue, você declarou não querer continuar, torcedores não querem que você continue. Pegue seu chapéu e saia daí. Deixe a Internazionale para Mourinho e siga com sua vida. As normas da associoação dos treinadores nada podem fazer por você. Sua declaração mesmo sendo meses depois foi bem clara e objetiva. Se não for demitido por ela será demitido por falta de vontade em ficar.

Recuperação rápida anima da Silva

Muito bom ler a cada dia, as notas da rápida recuperação de Eduardo da Silva. Um talento tão grande, interrompido por uma brutalidade de Martin Taylor. Esperava-se uma recuperação até dezembro, mas pela confiança do atleta, deve voltar até antes. Bom pro futebol mundial que voltará a ver o brilho desse bom jogador mais cedo nos gramados.

Assim se encerra o 1º de muitos “Na marca do pênalti” aqui no “Cal na grama”. Comentem bastante.

Abraços Fraternos

Douglas Ponso.